Nunca iremos compreender tudo

 Olá de novo por aqui!

Nunca a informação que precisamos foi recolhida com tanta rapidez como atualmente, qualquer computador pode processá-la e fornecer as respostas em segundos para todas as nossas dúvidas.

Mas, não é possível compreender tudo, nem sequer é possível começar a compreender uma fração diminuta da totalidade da informação.

Passa-se o mesmo com as nossas vidas. É possível que estejam a ocorrer algumas coisas à nossa volta, fora do alcance da nossa compreensão. Por exemplo, algumas pessoas por vezes comportam-se de forma estranha e não compreendemos o motivo, as coisas começam a correr inesperadamente mal, ou bem, sem razão aparente, ou porque se sucedem certos acontecimentos…

Se passarmos o tempo todo a tentar compreender o que se passa daremos em loucos.

É muito melhor aceitar que haverá sempre coisas que não compreendemos e ficarmos por aí, pois para algumas das interrogações nunca encontraremos resposta, para outras, poderemos tentar encontrá-las, mas talvez as respostas não sejam nada semelhantes ao que julgávamos.

É importante ser curioso, questionar, pesquisar, falar com outras pessoas, tirar dúvidas, mas é igualmente importante, reconhecer que por vezes nada disso nos dará uma resposta clara e verdadeira. As pessoas nem sempre fazem sentido. As coisas nem sempre fazem sentido. A vida nem sempre faz sentido.

Por vezes, as coisas são o que são e jamais compreenderemos tudo.

Desejo-lhe um dia magnífico!

Maria José

Não leve a vida demasiado a sério

Olá! Olá!

Esta citação supostamente simples, revela-se muito mais complexa e difícil do que possamos imaginar, quando posta em prática.

Para mim esta premissa significa, relativizar por vezes as situações, rir-me de mim própria, não me levar demasiado a sério, admitir que muitas vezes não tenho razão, controlar a minha irritabilidade, conter o meu comportamento face aos acontecimentos.

Significa também, não guardar mágoas, saber perdoar e sobretudo não ficar  ofendida por quem for.

Por vezes o facto de ficarmos ofendidos significa apenas, que estamos a reagir com base na ideia de que deveríamos ser tratados de determinada forma ou que nos consideramos  demasiado importantes.

Não levar a vida demasiado a sério significa ainda, não alimentar ressentimentos, pois ao fazê-lo criamos condições para culpabilizar outras pessoas sobretudo  pelas coisas que nos correm mal, evitando assim enfrentar as nossas inseguranças, pois o mais fácil é descarregar a nossa irritação nos outros.

Devemos permitir vivenciar as decepções, a irritação, a frustração pois ao passar por este processo libertamo-nos e passamos a outras etapas e voltamos a sorrir de novo.

 São as pequenas coisas da vida que têm o dom de nos fazer sorrir. 

Desejo-lhe um dia muito feliz!

Maria José

[Continue reading…]

15 formas de cuidar de si, para poder cuidar do outro

  Olá, Olá! Todos nós ao longo da nossa existência somos confrontados com acontecimentos de vida que exigem mudanças na nossa forma de estar, de pensar, de sentir e de agir. Alguns acontecimentos podem ter carácter normativo, outros não. Em qualquer dos casos, estes acontecimentos quer sejam normativos ou não, provocam desequilíbrio no sistema pessoal, […]

[Continue reading...]

Algumas ideias à sexta-feira

Olá! Olá! Esta semana trago um padrão que gosto muito, o xadrez escocês ou tartan… É um padrão nobre e clássico,  que faz alusão ao conforto, aconchego, a um lar agradável e quentinho e  recorda-me  a infância e adolescência! É um padrão muito versátil, tanto na moda… Adorei estes blazers em tartan   Como é eclético […]

[Continue reading...]

Para pensar…

Olá! Olá! “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos“. Fernando Pessoa Desejo-lhe […]

[Continue reading...]

Aumente o seu optimismo

Olá! Olá! Sabia que uma forma simples de aumentar o optimismo é sair de casa, dar um pequeno passeio, caminhar um pouco, passar um pouco de tempo ao ar livre. Um aspecto tristonho da nossa vida actual é estarmos quase completamente isolados da exposição direta aos elementos da natureza, passamos grande parte do nosso tempo dentro […]

[Continue reading...]

Algumas ideias à sexta-feira

Olá! Olá!  Esta semana trago a camisa branca clássica. No outono é uma peça fundamental que não pode faltar no nosso guarda roupa, combina com tudo! É intemporal,  elegante e está sempre na moda! Trouxe estas salas frescas e alegres em tons de azul, harmonizados com os tons de verde. Trouxe uma sujestão de leitura, um  livro de […]

[Continue reading...]

O outono

Olá! Olá! Chegou o outono com singularidades de verão! Após um fim de semana de praia e banhos no mar, excelente para descontrair e relaxar, chegou uma das estações do ano que mais estimo! Cada estação do ano tem a sua magia! Mas o outono  traz de volta o regresso às minhas rotinas, a temperatura é mais […]

[Continue reading...]

Amor incondicional

Olá! Olá! Por estes dias já recomeçou a rotina escolar para muitas crianças, jovens e pais. Os desafios que muitos pais enfrentam ao educar os filhos são diferentes daqueles que eu já enfrentei ao educar os meus filhos, ou que os meus pais tiveram de enfrentar  ao educar-me. O mundo é hoje um lugar muito mais perigoso, […]

[Continue reading...]

Desafiar o medo

Olá! Olá! Conhecemos o medo  na infância. Por vezes, alguns  medos acompanham-nos pela vida fora e apesar do conteúdo ser diferente, o processo que o medo usa para dominar a nossa vida é muito parecido. Nunca conseguiremos excluir totalmente o medo das nossas vidas. Há coisas das quais devemos ter medo, para  nossa própria proteção. […]

[Continue reading...]
%d bloggers like this: