Chá e requinte

IMG_2164[1]

A vida em tons suaves

Olá!

O tema de hoje é sobre o chá, mas vou começar por falar do meu amado café. Sou grande apreciadora de café, até há bem pouco tempo atrás, não substituía a minha chávena de café por nenhuma outra bebida, mas os anos vão passando, os nossos gostos vão-se modificando, talvez até fiquem mais requintados, mas há outra razão primordial, a saúde.

Comecei a substituir o café em certos momentos do dia por chá. O mundo do chá é impressionante, com uma extensa variedade de aromas, mais intenso, menos intenso, mais aromático, mais doce, menos doce, sabor mais ou menos refrescante…

Gosto de chás com fragrâncias delicadas e subtis como o jasmim ou flor de cerejeira. Gosto também do chá que cultivo no meu jardim a lúcia-lima ou bela-luísa, é um chá bastante aromático, gosto do aroma perfumado que emana da chávena.

O chá obedece a um certo ritual, desde o momento que é feito até ao momento em que é servido.

Gosto também deste ritual que envolve a preparação do chá, o tempo de espera que é essencial quando se aguarda um momento de extraordinário bem estar. Este tempo obriga-me a abrandar o ritmo acelerado a dar outra dimensão ao tempo. O segredo que é saborear devagar o chá, sem pressa, apreciando o momento. Um momento de descontração, de qualidade.

Comecei a atribuir uma maior importância ao chá, por  ser  um produto natural do reino vegetal, não sofre qualquer intervenção química, não possui aditivos, nem corantes ou conservantes, contem um número considerável de vitaminas, minerais e outros elementos, como  antioxidantes. Os benefícios tanto para a mente como para o corpo há muito  que são reconhecidos,  contribuindo para o bem-estar geral.

Como se prepara chá:

  • Ao preparar chá tem que considerar primeiro se prefere uma infusão forte ou fraca, o que vai influenciar a quantidade de folhas que vai usar. O tempo de infusão deve ser o suficiente para extrair todo o perfume do chá. A porção normal deverá ser uma colher de chá de folhas por pessoa, mais uma colher para o bule, permitindo deste modo um chá relativamente intenso. Pode usar saquetas, sendo o processo semelhante;
  • Leve ao lume a água necessária, num recipiente que sirva apenas para a água;
  • A água deverá ser de qualidade, convém usar água filtrada ou engarrafada;
  • Logo que a água ferva, deve escaldar o bule com um pouco dessa água, para aquecê-lo;
  • Deite as folhas de chá no bule com a água a ferver por cima, deverá mexer com uma colher e tapar o bule. Comece a contar o tempo de infusão.
  • Relativamente ao tempo de infusão, 5 minutos é o ideal;
  • Quando estiver pronto, deve mexer de novo e pode servir, usando um coador para as folhas.

Saboreie a sua chávena de chá apreciando o momento…

IMG_2142[1]

A vida em tons suaves

Maria José

Este Blog foi feito com todo o carinho para ajudá-la a pensar mais em si. Se tiver sugestões de temas ou dúvidas para serem respondidas é só enviar um email para avidaemtonssuaves@gmail.com

Comments

  1. Ivone Almeida says:

    Olá Maria José
    Quando li a palavra “chá”, lembrei-me imediatamente do chá que temos que dar diariamente aos alunos, pelo seu comportamento menos correto, claro que a palavra tem significado diferente dentro de outro contexto; também tenho apanhado longo chá de cadeira quando espero para ser atendida nalgum serviço.
    Mas na verdade sou muito amiga daquela bebida de infusão que nos reconforta a qualquer momento do dia.
    De manhã optei por deixar muitas vezes de lado o leite e optar pelo chá, pois desperta-me e dá-me certa energia para iniciar e continuar a enfrentar as situações do quotidiano.
    Gosto imenso de chá e experimento sabores diferentes ao paladar.
    O chá gelado refresca a alma e o corpo e no verão é a minha bebida preferida.
    Estive há três anos, numa quinta, numa região do Alentejo, onde existe uma plantação das mais variadas ervas aromáticas. Foi muito interessante, pois demos aos 50 alunos que viajaram connosco,a possibilidade de receberem todo o conhecimento à volta do chá, desde o seu cultivo, apanha, seca, e empacotamento para posteriormente venda ao público. Ficaram a conhecer e a identificar no terreno a variedade de plantas existentes.
    O chá dispõe-me bem e tomado numa linda chávena da mais delicada porcelana, como aquelas que as imagens revelam, dá-nos boa disposição. Gosto imenso de o tomar na companhia das amigas. Ontem à tarde no decorrer de uma reunião, que bem que me soube aquele chá bem aromático e gostoso! Também não faltou o doce bolinho. Eu dispensava bem! Mas não resisti!
    Façam como nós… Bebam chá! Sentir-se-ão muito melhor!!!!!
    Beijinhos

    Liked by 1 person

  2. Não há nada que um chá com uns bolinhos não resolva!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: