Gestos de bondade

Olá!

Nesta época torna-se habitual os gestos de caridade, de generosidade, de altruísmo. Mas esses gestos não deveriam acontecer apenas neste período, pois os actos de bondade beneficiam sempre quem dá e quem recebe.

Sabia que o altruísmo é  bom para a nossa saúde psicológica?

A bondade é uma emoção positiva, praticá-la conduz-nos a um sentimento de bem-estar. Ser bom para os outros, aumenta a nossa própria felicidade e diminui os níveis de stress e as emoções negativas.

Os gestos de bondade consistem em fazer boas acções pelos outros, quer seja oferecer apoio, haveres a alguém que necessite, seja para dar um pouco do nosso tempo e esforço a uma causa nobre. Se tem um talento especial, use-o, para ajudar as outras pessoas de alguma forma. Se tem o poder de efectuar mudanças para melhor, use-o. Se tem influência, use-a.

Seria bom que todos perguntassem a si próprios, tive algum impacto na vida de alguém? Dei alguma coisa em troca? Este mundo é um mundo melhor por eu estar nele?

Mas para obter benefícios dos gestos de bondade, a sua motivação precisa de ser natural e intrínseca, fazer bem pelo próprio bem que se faz.

Desejo-lhe um dia excelente e vá empreendendo gestos de bondade, adicionando um pouco de generosidade em tudo.

angels-9306

Imagem via: Pinterest

Maria José

[Read more…]

Uma coisa de cada vez

Olá, Olá!

Tenho andado um pouco desaparecida, mas  está tudo bem.

Necessitei de um pouco de tempo.

Tempo para mim, tempo para me organizar, tempo para me dedicar a outras tarefas igualmente importantes, além de  necessitar de tempo para me inspirar.

Houve uma época em que queria fazer tudo, e, tudo ao mesmo tempo, foram períodos em que era necessário ter um cérebro multi tarefa, para educar e cuidar dos filhos, dar resposta às exigências profissionais e às exigências que impunha a mim própria.

Hoje em dia, já não não preservo as multi tarefas.

Por vezes, ainda tenho a tentação de fazer diversas coisas ao mesmo tempo, para poupar tempo, mas  estudos científicos comprovam que  sempre que tentamos fazer duas coisas ao mesmo tempo, nem sempre as coisas ficam bem feitas, cometemos erros, esquecimentos, além de causar fadiga e stress. 

Os tempos mudaram, eu também mudei  e tento praticar a filosofia “uma coisa de cada vez“e abandonar tanto quanto possível, as multi tarefas que criam stress e desperdício.

Sinto um maior  equilíbrio e  bem estar  quando me dedico em pleno àquilo que estou a fazer, seja o que for, em trabalho ou lazer.

Um dia feliz!

Maria José

dfc1b5f96a8d8afc7b5b84c2adfc27a2

[Read more…]

14 ideias para terminar bem o dia

 

Olá! 

É importante começar o dia de forma positiva com as nossas rotinas, para que possamos usufruir do dia com o pé direito e promovermos um impulso proactivo à nossa vida.

Terminar bem o dia é igualmente importante, não interessa o que aconteceu depois de sairmos de casa de manhã, pois existem tantas coisas que podem acontecer no nosso dia a dia e que estão para além do nosso controlo.

Mas, ao fim do dia quando regressarmos ao nosso lar, temos a possibilidade de readaptar, avaliar e equilibrar o ruído que trazemos de fora e pensarmos que amanhã irá ser um dia melhor.

Para ajudar a encontrar esse equilíbrio, trago algumas ideias que ajudam a terminar o dia com um toque tranquilo.

  1. Calçar uns chinelos ou pantufas felpudas;
  2. Tomar um banho quente;
  3. Fazer uma massagem facial;
  4. Vestir uma roupa confortável;
  5. Por uns momentos, pôr de lado a vida virtual;
  6. Acender uma vela;
  7. Ouvir um pouco de música relaxante;
  8. Ler um pouco;
  9. Beber uma bebida quente. Ao fim do dia apetece um chá relaxante;
  10. Desfrutar de um jantar com conversa aprazível e comida apetitosa;
  11. Arrumar a cozinha para que possa começar o dia seguinte de forma eficiente;
  12. Assistir a um programa de televisão ou filme que faça rir e alivie o stress;
  13. Comer um pedaço de chocolate negro;
  14. Anotar os pequenos acontecimentos do dia pelos quais estamos gratos;
  15. Deitar a horas decentes.

São pequenas abordagens, mas que transmitem um bem-estar enorme!

Desejo-lhe um excelente dia com um final de dia sereno.

Processed with VSCO with a6 preset

 

Maria José

[Read more…]

Tudo passa

As pessoas optimistas tendem a reagir aos acontecimentos negativos nas suas vidas considerando-os passageiros, pensando que «tudo passa». Sendo difícil, por vezes, tento reagir dessa forma e pensar que os períodos negativos têm um ciclo de vida e um término. A recuperação é um processo gradual e por vezes nem reparamos que as nuvens já começaram a dispersar-se e o sol começou  a surgir vagarosamente.

Tudo passa…mas, durante os períodos menos bons  é necessário mantermos o equilíbrio e cuidarmos do nosso bem-estar físico e psíquico.

Há  formas simples de o fazer e só depende de nós, como por exemplo, praticar o pensamento positivo, investir em emoções positivas para desenvolver a resiliência, saborear as coisas boas quando elas acontecem, praticar a arte de dar valor, reenquadrar os aspectos negativos, reflectir sobre o sentido e o nosso propósito na vida e prestar muita atenção ao equilíbrio entre o trabalho e o lazer na nossa vida.

A vida muda efectivamente, nada é imutável e «tudo passa».

Um dia feliz para si!

51a94de15a5fc7f58c108d36d0df2218

Maria José

[Read more…]

Saboreie o momento

Aplicamos muitas vezes esta expressão mas não a vivemos em pleno. Sabe o que significa?

Saborear é a capacidade de absorver e compreender as experiências positivas na nossa vida e dar-lhes valor.

Podemos saborear quase tudo. A experiência de saborear permite-nos dar mais atenção aos aspectos positivos ou mais agradáveis, para superar a predisposição para a negatividade.

Somos levados quase sempre a reparar primeiro nos aspectos negativos, antes dos positivos. Saborear é um método vantajoso para contrariar a tendência para a negatividade, funcionando como um escudo protector contra as emoções negativas.

É um processo fundamental para levar a mente a reparar no que a vida tem de bom.

Saboreie a visão…da natureza, do matizado de cores do outono, das flores, de uma obra de arte, dos objectos preferidos…

Saboreie o som…da música, do seu programa de rádio preferido, do mar, da chuva, das gargalhadas…

Saboreie o aroma…das flores, dos perfumes, de uma vela aromática, da sua loção corporal, de um bolo a sair do forno…

Saboreie o sabor…dos seus alimentos preferidos…

Saboreie a sensação…de caminhar na areia, descalço na relva, do sol na pele, do pelo macio de um animal de estimação…

Para se saborear alguma coisa é necessário prestar atenção, quanto mais cultivar essa prática mais emoções positivas desenvolve e melhor será a capacidade para apreciar as coisas boas, no momento em que elas ocorrem.

Descontraia-se e…

  • Abrande um pouco o seu ritmo;
  • Preste mais atenção ao que se passa em seu redor;
  • Use todos os sentidos;
  • Reflicta um pouco sobre a fonte de bem-estar.

Um dia feliz e saboreie os bons momentos do seu dia!

8990c9842fcf0b6756bb9af2c60ad6b3

Maria José

[Read more…]

Seja amável consigo

Olá!

Esta semana recordo-lhe que seja amável  consigo mesmo!

Uma conversa positiva de si para si, é tão importante como as palavras de motivação e estímulo que dirige às outras pessoas.

Não seja o deita-abaixo de si mesmo. Se cometer um erro, compense a frustração com uma afirmação positiva como: Eu sou uma pessoa com competência. Eu mereço ser tratado com dignidade.

Este foi o meu jeito de lhe desejar uma excelente semana!

8ef17c3eb314ba4f82ad7bfe42b81554

Imagem: via

Maria José

[Read more…]

Dieta e vida equilibrada

As férias são excelentes para estragar dietas e bons hábitos, há que  retomá-los.

Para retomar os bons hábitos, reuni estes  princípios universais para uma alimentação e  vida equilibrada.

Princípios para uma dieta e vida equilibrada 

  • Consumir preferencialmente produtos de qualidade «bio»;
  • Consumir pouco ou nenhum açúcar;
  • Consumir duas a três colheres de sopa diárias de azeite  ou de um bom óleo;
  • Consumir legumes e fruta todos os dias;
  • Consumir peixe, ovos ou carne magra duas ou três vezes por semana;
  • Consumir pouco sal, substituí-lo por mostarda, ervas, especiarias…;
  • Preferir o peixe à carne, o queijo de cabra ao de vaca;
  • Não cozer demasiado os legumes pois destrói as vitaminas;
  • Comer sempre que possível produtos frescos;
  • Evitar as toxinas(álcool, tabaco);
  • Evitar as gorduras saturadas;
  • Comer alimentos da estação;
  • Beber água em quantidade suficiente;
  • Andar, mexer-se( pois são os músculos que queimam as calorias);
  • Jantar pouco;
  • Tomar um pequeno almoço diverso;
  • Compensar os excessos com um ou dois dias de dieta;
  • Acabar com as proibições (comer um pouco de tudo);
  • Evitar petiscar;
  • Comer devagar e mastigar bem os alimentos;
  • Pensar sempre na saúde ao escolher os alimentos;
  • Cozinhar as próprias refeições;
  • Dormir a horas regulares e, se possível, antes da meia-noite;
  • Arranjar tempo para não fazer nada,
  • Evitar o stress, a rotina, que nos fazem comer, não porque tenhamos fome, mas por necessidade de aconchego;
  • Rir, rir muito.

O corpo tem necessidade de um pouco de tudo, cabe-nos a nós descobrir do que necessitamos em determinado momento.

Desejo um dia  feliz e pela sua saúde siga estes princípios.

c392291e9bf0f3ff22036915e5839e7a

Maria José

[Read more…]

Zona de conforto

Para cada  área da nossa vida existe uma zona de conforto. Quer seja no domínio profissional, pessoal, relacional, ou até mesmo no domínio da saúde, existe sempre uma zona de conforto.

Chama-se zona de conforto aos comportamentos, atitudes, pensamentos, que adquirimos por hábito.  Não causam desconforto, nem medo ou ansiedade.

Causam sentimentos de segurança, estabilidade e constância. Encontra-se na zona de conforto quem está perfeitamente acomodado à sua rotina, quem não arrisca e quem aceita as coisas como elas estão.

Permanecer na zona de conforto, não é mau, não é prejudicial, contudo, a segurança e a tentativa de evitar riscos, representa uma barreira psicológica que impede por vezes de encarar desafios e melhorar a qualidade de vida.

Determinado comportamento ou pensamento é eficaz se estiver contextualizado por um conjunto de factores externos, no entanto, quando esses factores se alteram, esses comportamentos, pensamentos ou acções ficam desprovidos de sentido.

Atenção aos factores externos, esses  não os podemos controlar. Por mais constantes e estáveis que sejam, um dia podem mudar.

Assim sendo, como não é possível controlar nem alterar factores externos, temos que mudar um pouco o nosso pensamento e o nosso comportamento e sair um pouco da nossa zona de conforto.

Comece a sair um pouco da sua rotina e da sua zona de conforto, até mesmo nos pequenos detalhes.

Aventure-se um pouco, experimente coisas novas, procure a novidade e variedade. Tente novas actividades, novos locais, novas comidas, por exemplo.

Mantenha um espírito aberto. Seja intelectualmente curioso, favoreça o desenvolvimento do seu potencial intelectual.

Uma dia excelente para si  e faça hoje uma coisa diferente!

6158fde54c7c9f0948f9e1e188631bc7

Imagem: Pinterest

Maria José

[Read more…]

Pausa para a sanidade mental

Todos nós nos queixamos do excesso de actividades que temos de cumprir. Tudo tem horário, tudo tem que ser rápido, instantâneo, breve e célere. Mesmo quando nos encontramos de férias, porque temos que estar na praia à hora … temos um jantar à hora… temos um Sunset à hora…, temos um espectáculo à hora, temos … e andamos num rodopio.

Até cozinhar e comer, as palavras rápido e fácil precedem as nossas receitas favoritas.

O que é que se passa neste nosso mundo se nem sequer temos tempo para comer, serão assim tão importantes todas as actividades que não nos deixam parar? Têm todas que ser feitas?

Se paramos um pouco, sentimos-nos culpados a não ser quando lhe chamamos, “pausa para a nossa sanidade mental“, porque tudo tem que ter um propósito e um lugar-comum.

Os nossos tempos de lazer são levados muito a sério, em vez de nos divertirmos, por exemplo, a praticar desporto. Praticamos exercício para uma melhor condição cardiovascular ou para uma barriga mais lisa.

De vez em quando esqueça o que tem para fazer, os propósitos e os lugares comuns e goze uma hora do seu tempo livre por dia, só porque sim. Faça-o mesmo quando tem um milhão de tarefas que considera ter de cumprir.

  • Tome um banho de espuma;
  • Leia uma revista;
  • Deite-se no sofá;
  • Acenda uma vela;
  • Ouça música;
  • Veja um álbum de fotografias antigas;
  • Dance;
  • Prepare uma refeição elaborada;
  • Observe o pôr do sol.

Não se sinta culpado pense que é apenas para a sua sanidade mental.

Um dia muito feliz e um  mês de Agosto espectacular!

038de692d57b8b884d63c2f456fe136c

Imagem: Via

Maria José

[Read more…]

O stress e o peso

Sabia que o stress afecta todos os sistemas do nosso corpo?

Os aborrecimentos do dia-a-dia podem acumular-se a pouco e pouco, resultando numa quantidade elevada de stress. Independentemente de serem acontecimentos graves ou apenas pequenos contratempos, o nosso corpo sente alterações físicas.

Em situações de  stress o corpo aumenta a produção de esteróides e de insulina, contribuindo para aumentar o apetite  levando-o  a ingerir doces e gorduras o que favorece o armazenamento de gordura.

O stress além de enfraquecer  o sistema imunitário, tornando-o mais susceptível, pode afectar também o peso. Como o stress predispõe a comer mais, é fácil perceber como viver constantemente sob pressão pode acrescentar alguns quilos.

Mas se o stress torna algumas pessoas mais gordas, torna outras mais magras, sobretudo se associado a perturbações emocionais, o stress também promove a perda de peso, ao reduzir o apetite.

Criar tranquilidade nas nossas vidas e saber gerir  eficazmente o stress, ajuda a que todos os sistemas do nosso organismo  funcionem melhor, sendo esta uma condição para se estabelecer um peso estável e saudável.

bf48cf03511eb6d8ec5fecacc509fe03

Desejo-lhe um dia feliz!

Maria José

[Read more…]

%d bloggers like this: